Nossa História

Você está em: Nossa História

Na década de  trinta do século passado, com os primeiros colonos japoneses assentados no município de Bastos, tem início, dentre as várias atividades, experiências com a criação do bicho-da-seda (Bombyx mori). Desta atividade, surgiu, na cidade de Bastos-SP, em 16 de setembro de 1940, a Fiação de Seda Bratac Ltda., que herdou o nome abreviado da Brazil Takushoku Kumiai ou Sociedade Colonizadora Brasileira, uma associação que apoiou a imigração japonesa trazendo imigrantes do Japão e fornecendo-lhes terras e atividade econômica.

Os colonos japoneses, habilidosos agricultores, logo obtiveram grande produção de casulos, ocasionando dificuldades de escoamento da produção, fato que gerou a ideia de instalar uma fiação para beneficiamento local dos casulos.

A Fiação BRATAC foi contituída com o capital brasileiro de cem mil contos de réis, para industrializar e comercializar fios de seda natural. Iniciou suas atividades contando com apenas 20 bacias de fiação manual, importadas do Japão, juntamente com equipamentos para cozimento do casulo e colocação do fio em meadas. Nesta época também iniciou a atividade de exportação para diversos países.

Em 01/11/1957, ocorre a transformação da Bratac de Sociedade por Cotas de Responsabilidade Limitada para Sociedade Anônima e, conseqüentemente, a mudança do nome Fiação de Seda Bratac Ltda. para Fiação de Seda Bratac s.a.

Em dezembro de 1974 entra em operação a fábrica de Londrina (Estado do Paraná), com uma equipe de técnicos especializados e experientes no ramo, provindos de Bastos-SP, com o objetivo de explorar essa atividade de criação do bicho da seda e produção de fios de seda nesta região, a qual se mostrou extremamente promissora e resultou no estabelecimento da Fiação de Seda BRATAC s.a. como maior produtora e exportadora de fios de seda do Ocidente.